Seguir por e-mail

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Maré de Azar???

Quem nunca teve a sensação de que o mundo conspirava contra sua vida, que atire a primeira pedra! Todos nós em algum momento sentiu como se todos tivessem contra sua felicidade, sem sorte alguma, em uma maré de azar!

Maré de azar? Será? Afinal somos ou não somos os donos de nossas vidas, motoristas de nossa direção, protagonistas de nossa história? Maré de azar? Afinal o que é sorte? Uma imposição do destino? Um carma?

Eu digo que sorte é a união da oportunidade com a vontade de agarrar, de fazer acontecer, de estar preparado para tudo e todos. Azar é não estar no lugar certo na hora exata, não ter o perfil para a vaga desejada, não ter a formação esperada!

Ou seja, sorte ou azar, não tem nada haver com destino, tem haver com dedicação ou falta dela, vontade ou falta dela, coragem ou falta dela, ação ou falta dela.

É muito fácil culpar o mundo e as condições sociais, econômicas, governamentais, por aquilo que você não lutou, não correu atrás, não estudou, não realizou...

Ser ou não ser vai ser sempre a questão fundamental. Lidar com os problemas como se fossem um grande aprendizado é essencial. Entender que os benefícios de suas ações são meras consequências de uma atitude pensada e planejada é básico!!!

Para ter sorte precisa ter muita postura, ser uma pessoa muito envolvida com os sonhos, entender que o mundo não tem e nunca terá culpa dos seus fracassos.

Para não ter azar é preciso ter por perto pessoas que realmente fazem diferença na sua vida, buscar empregos que tem relação com o seu perfil profissional, realizar ações baseadas em princípios e valorizar aquilo que lhe faça bem, mas que traga benefícios coletivos, não somente para você!

Não adianta reclamar da sorte se você faz tudo a favor do azar!!! Sem atitudes proativas, será impossível ter, ser e fazer aquilo que realmente se quer!!! Pense nisso!!! Eu tenho pensado muito!!!

9 comentários:

  1. Bom dia Dani,
    Nada acontece por acaso, sorte ou azar nao são ações do acaso, eu tenho que produzir açõs postivas pra alcançar meus objetivos, nao posso culpar outros pelo meu fracasso.Só depende do meu esforço o sucesso ou o fracasso, minhas atitudes me darão o caminho que eu tenho que sguir para chegar ao lugar que eu quero estar.
    Abraços,
    FAbiano Maia

    ResponderExcluir
  2. Querida Dani,

    Realmente passamos por alguns momentos em nossa vida em que nada da certo, mas o bom é que eles são passageiros e aparecem raramente. Acredito muito no destino, mas acho que a nossa sorte esta ligada a disposição e coragem com que enfrentamos os nossos problemas e oportunidades que possam surgir em nossa vida.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. SORTE OU AZAR são coisas circunstanciais e estão muito ligadas aos nosso padrões vibracionais. Atraímos o que emitimos para o Universo. Existem pessoas que só atraem um tipo psicológico (padrão de pessoas ou experiências) e têm dificuldade de quebrar isto. Acredito que temos um SELF interno, no dizer de Jung ou uma essência divina que nos orienta. Precisamos ouvir essa voz interior, a nossa Consciência. Fiz uma monografia na pós de psicoteriapia analítica (O Ego na sua relação com o Sagrado sob a perspectiva da Psicologia Analítica). Psicologia é algo tão amplo, que não podemos encerrar numa única abordagem. Etimologicamente (origem grega). Psicólogos, são ESTUDIOSOS DA ALMA. Se alguém tiver interesse na mono, posso disponibilizar. Um abraço! (Velejador@infonet.com.br) Nilton Ramos Inhaquite

    ResponderExcluir
  4. Dani, o importante na vida é estar sempre direcionado para o alvo, nunca parar pelo meio do caminho e ficar lamentando fases ruins. Precisamos aprender com os momentos difíceis e vencer os desafios que estão aí para nos impulsionar para o alto. Seu texto mostra que, às vezes somos atropelados por momentos não muito bons, eles existem, mas é preciso ter foco e lutar. Vamos que vamos!

    Beijos, querida!

    @soniasalim

    ResponderExcluir
  5. O importante é seguir sempre em frente, desistir nunca. Vamos caminhando, superando nossas dificuldades e aprendendo a superar os obstáculos.
    Temos que ter sempre um objetivo na vida e enfrentar. Acredito também no Poder de Deus em nossas vidas. Devemos fazer a nossa parte e nos deixar guiar pelas mãos de Deus.
    Beijo

    ResponderExcluir
  6. eu acredito q sorte e azar não condizem c/a justiça divina,seria conceber que Deus tem preferências...crer q a sorte pode transformar nossa existência é deixar de acreditar em nossa força interior né não? acho q acreditar na sorte é deixar de colher o fruto do pomar ou a flor do jardim esperando que ambos por forças misteriosas caiam em nosso colo...eu acredito mesmo é na criatividade, na luta por transformar sonhos em metas...na força do amor que tem o poder de transformar nossa vida mas não acredito em sorte ou azar..Jogar a culpa dos fracassos no azar é cômodo, de certa maneira nos tira um pouco da responsabilidade, afinal, “não deu certo porque nos faltou sorte” – é assim que raciocinamos quando acreditamos no azar...acredito na força da vida que conspira para que sejamos felizes...só isso =)

    ResponderExcluir
  7. Acho que tudo se resume a "nosso maior inimigo somos nós mesmos".Temos tudo o que precisamos, no tipo de pensamento, força, coragem, disposição em aprender, etc. e tudo o que nos faz mal também.As causas externas até existem, mas com persistência e novas estratégias, aos poucos as coisas acontecem né?

    Como disse o poeta, Não esperemos as borboletas.Cuidemos de nossos jardins!

    Bjks

    ResponderExcluir
  8. Ninguém tem sorte todos os dias. Sorte ou azar é alea. "Alea jacta est" a sorte está lançada.

    Alea é tanto sorte como azar. Talvez ambos sejam apenas o outro lado da moeda. Essa é a parte do imprevisível.

    Mas alguém tem quem ganhar seria muito egoísmo acharmos que somos mais merecedores de vencer do que os outros.

    O Sol nasce para todos, o importante é não contar com ela, (a sorte).

    Bjosss.

    adg_ctba

    ResponderExcluir
  9. Eu acredito que isto ocorra como uma espécie de sinal do Universo pra prestarmos mais atenção ao que o Universo nos diz, quem for atento vai parar e pensar e refazer seus planos, com certeza, n vejo isto como ruim ou péssimo, vejo sempre com cautela, sempre se cometem erros, cabe anós mesmos temos a humildade de admitir que erramos, como vivemos na época das celebridades instantâneas as pessoas se acham meio invencíveis e n querem admitir que há fraquezas nelas mesmas, delírios da Pós - Modernidade. Parabéns pelo teu blog é ótimo, reflexivo.

    ResponderExcluir

Enriqueça o post com a sua opinião e experiência sobre o assunto.