Seguir por e-mail

sexta-feira, 15 de julho de 2011

A arte de Negociar

Recebi hoje por e-mail de um amigo de trabalho, Luís Antonio Lourenção. Não sei se é nova, mas para mim foi uma novidade, além de uma lição, uma diversão! O autor é desconhecido! Confiram e comentem! bjs

http://blog.sucessoagora.com/
A arte de negociar !
PAI - escolhi uma ótima moça para você casar.
FILHO - Mas, pai, eu prefiro escolher a minha mulher.
PAI - Meu filho, ela é filha do Bill Gates...
FILHO - Bem, neste caso, eu aceito.
Então, o pai negociador vai encontrar o Bill Gates.
PAI - Bill, eu tenho o marido certo para a sua filha!
BILL GATES - Mas a minha filha é muito jovem para casar!
PAI - Mas este jovem é vice-presidente do Banco Mundial...
BILL GATES - Neste caso, tudo bem.
Finalmente, o pai negociador vai ao Presidente do Banco Mundial.
PAI - Sr. Presidente, eu tenho um jovem recomendado para ser vice-presidente do Banco Mundial.
PRES. BANCO MUNDIAL - Mas eu já tenho muitos vice-presidentes, mais do que o necessário.
PAI - Mas, Sr., este jovem é genro do Bill Gates.
PRES. BANCO MUNDIAL - Neste caso ele pode começar amanhã mesmo!

Moral da estória: Não existe negociação perdida. Tudo depende da estratégia.


"Se um dia disserem que seu trabalho não é o de um profissional, lembre-se: a Arca de Noé foi construída por amadores; profissionais construíram o Titanic..." 


segunda-feira, 4 de julho de 2011

Faculdade, uma oportunidade de emprego?

http://ponteparaosaber.blogspot.com/
Hoje em dia a faculdade é uma das formas de se conseguir conhecimentos para ingressar num bom emprego e subir na carreira profissional, e é claro para se ter o próprio negócio. Eu disse "conseguir conhecimentos", não um mero DIPLOMA, e para isso é preciso muito mais que frequentar 75% das aulas e ter média 7 nas disciplinas. Significa se comprometer, fazer sacrifícios, se envolver com os trabalhos e com os grupos de trabalhos, ter amigos, formar um bom network, administrar o tempo, ter disciplina, explorar os professores e seus conhecimentos, pesquisar, ir além do que é exigido...

A sala de aula muitas vezes é a chance que temos para mostrar nossas capacidades produtiva, mental e de relacionamentos, pena que nem todos os alunos percebem isso. Na sala de aula, ou mesmo pelos corredores da faculdade conhecemos pessoas que são empregadas em boas empresas, que conhecem pessoas que contratam em outras empresas, que estarão contratando pessoas um dia em alguma empresa e que com certeza se lembrarão daquele colega de sala que sempre fazia muito bem os seus trabalhos, que não faltava sem ter uma boa justificativa e que tirava boas notas, como também se lembrará daqueles colegas que só viviam encostados em outros colegas, sem contribuir nos trabalhos, que entregavam tudo atrazado, "pindurados" em notas e faltas.

Eu sei que a vida de Universitário é atrelada muitas vezes com a vida profissional, aluno e trabalhador, são os papeis da maioria que está dentro das Faculdades; mas, estar nestes papeis é uma escolha, e como toda escolha temos as conseqüências, então, é preciso encarar a maratona de avaliações e trabalhos da mesma forma que encara os projetos e metas de trabalho, firme e forte!

Não se iludam com a idéia de que uma coisa é ser aluno e outra é ser profissional, pois não é, princípios e valores são frutos do caráter e não dos papeis sociais, ou se tem ou não se tem. Não é possível ser um bom profissional sem ser um bom aluno, o que pode ocorrer (depois de muito arrependimento) é o mal aluno se tornar um bom profissional com as experiências da vida, aqueles tombos que precisamos levar para aprender, acho que todos nós sabemos quais são, não?