Seguir por e-mail

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Ginástica Laboral - Uma Proposta de Qualidade de Vida nas Organizações

Hoje, realizamos o 9º Encontro do Grupo de Estudos de Psicologia Organizacional e do Trabalho e o tema foi GINÁSTICA LABORAL, com a participação de Rosicleia Bello (http://twitter.com/rosi_bello), formada em Educação Física a mais de 18 anos e mãe de Fernanda Cappellesso, estudante de Publicidade e Propaganda, aluna querida e integrante do grupo.

Rosi, como a chamam, não trabalha com Ginástica Laboral, mas conhece e estuda sobre o assunto devido sua formação. Os Profissionaís de Educação Física foram os primeiros a atuarem com a proposta educacional, preventiva e compensatória para a saúde do trabalhador. Hoje, sabe-se que os Fisioterapeutas também realizam essa atividade.

Para quem nunca ouviu falar ou tem pouco conhecimento sobre o assunto, a Ginástica Laboral surgiu na Polonia em 1925 e no Brasil é realizada desde 1973. Praticada em intervalos de 5 a 10 minutos diários, com o objetivo de preparar o trabalhador para suas funções ou compensar a fadiga das atividades já realizadas. Compreende em exercicios de aquecimento e alongamentos no início do turno de trabalho ou de descontração muscular e relaxamentos no meio da jornada.

Para realizar a Ginástica Laboral o profissional responsável deverá fazer uma avaliação do ambiente de trabalho, de cada funcionário, da realizade organizacional e verificar as condições disponíveis. Além disso, é importante investigar os acidentes de trabalho ocorridos, causas de afastamentos e as áreas de riscos.

A realização da Ginástica Laboral, segundo Rosi, é importante porque combate e previne doenças ocupacionais como L.E.R./D.O.R.T.E. e estudos mostram uma diminuição no sedentarismo, estresse, depressão e ansiedade.

Rosi, também relatou que os funcionários que participam da Ginástica Laboral, que geralmente é ofertada e não exigida, ficam mais flexiveis, com mais força, coordenação motora, ritmo e agilidade, com mais mobilidade e postura nas atividades.

Ao realizar os exercicios, Rosi diz que devem ser utilizadas músicas que no inicio do turno estimulem a atividade física e cerebral e no meio do turno que promovam o relaxamento. A escolha do tipo de música vai do gosto do instrutor e grupo.

A Ginástica Laboral pode ser realizada no próprio local de trabalho (se houver espaço) ou em outras áreas maiores, como pátios e refeitórios.

Pensando na saúde psíquica do trabalhador, a Ginástica Laboral pode proporcionar um desenvolvimento da consciência corporal e assim um maior conhecimento de seus limites e capacidades, melhorando a autoestima; os exercícios também contribuem para uma maior produção de hormônios que dão sensação de prazer (adrenalina) aumentando o ânimo para o trabalho e de relaxamento (endorfina), evitando o estresse; além disso a hora da ginástica pode ser um momento de maior integração social entre os funcionários.

São inúmeros os benefícios de se realizar Ginástica Laboral nas organizações, cabe aos profissionais da área da saúde mostrar a importância para os empresários, que verão maior produtividade em seus funcionários se aderirem a idéia.

O Grupo foi muito participativo e decidiu que no próximo encontro o tema será TRANSTORNO SEXUAL E ESQUISOFRENIA NO TRABALHO!

Beijos a todos e até mais!!!


Referências:

3 comentários:

  1. Se o banco em que trabalhei em tempo remoto, oferecesse ginástica laboral para seus funcionários, certamente ainda teria uma letra bonita, quer dizer, poderia escrever sem deixar o lápis cair da mão depois de alguns minutos, não sentiria dor usando o mouse... Agora, todos os cuidados.
    Bjos

    ResponderExcluir
  2. Eliana, primeiro obrigada por comentar o texto e segundo por deixar sua experiência aqui, que na verdade vem nos mostrar que foi aos trancos e barrancos que as empresas foram aprendendo lidar com a saúde do trabalhador. Na realidade, as empresas primeiro tiveram que enfrentar a dor, para depois entender a importância da saúde! Que pena que com você tenha sido assim, mas com certeza a sua vivência e a de outros serviram de exemplos para que mais valor seja dado a qualidade de vida no trabalho! Abraços!!!

    ResponderExcluir
  3. Danielle, já pensou que gostoso chegar mais cedo e participar em grupo de tão gostosa ginástica? Tudo seria diferente! Tanto a amizade quanto o trabalho iriam fluir de maneira satisfatória. Mas nem sempre é assim, infelizmente. Excelente post!
    Beijos!

    ResponderExcluir

Enriqueça o post com a sua opinião e experiência sobre o assunto.